FALTA DE ENERGIA CAUSA PREJUÍZOS

FALTA DE ENERGIA CAUSA PREJUÍZOS

 O agricultor Edemar Caumo, 69 anos, já aposentado, mas mesmo assim não parou de trabalhar. Junto com os filhos tem 18 vacas de leite, mas sofre muito com a falta de energia elétrica. Neste ano de 2014, já foram cerca de 4 vezes que faltou luz por mais de dois dias seguidos.

 - Assim só temos prejuízo. Tirar o leite à mão e jogar fora, pois se não fizer isto as vacas secam e ficam doentes – conta Edemar.

O trabalho é dobrado. De duas horas os agricultores demoram mais de quatro horas para fazer o serviço.

- Isto tem que mudar. Porque na hora de pagar, se a gente atrasar uns dias eles vem e cortam a luz? – desabafam os produtores.

João Conte (60), a esposa Neiva (56) e o filho Diogo (17), vizinhos de Edemar ficam em pânico quando falta luz. Há 25 anos João trabalha com vacas de leite e atualmente são 22 vacas. Quando falta luz, é preciso tirar o leite a mão e jogar fora. Além das vacas, a família Conte tem um aviário que aloja 14.000 frangos.

Além disso, na propriedade também faltou agua e a família precisou ajuda da Prefeitura para levar agua para os frangos com o caminhão tanque, e a ajuda da família de Edemar para tratar os frangos.

- Isto é uma vergonha, pelo investimento que a gente faz e acaba tendo um prejuízo desses – desabafa Neiva. Conta ainda que já perderam 1500 litros de leite pela falta de energia, o que acontece com frequência.

O casal Pedro (54) e Leonilce Soldi (47), são produtores de frangos há 20 anos e seguidamente sofrem com a falta de luz. A rede dá problema com frequência por causa das plantações de acácia e eucalipto próximas aos fios. A família tem um aviário que aloja 16.000 frangos e na falta de energia o trabalho é difícil.

- Com luz, uma pessoa sozinha cuida do aviário e em 20 minutos os frangos estão tratados. Com a falta de luz, precisa três pessoas que demoram duas horas, quatro vezes por dia – conta o casal.

Morreram poucas aves, mesmo assim, o prejuízo é grande pois os frangos não conseguem se alimentar direito, o que faz a conversão subir e o preço baixar.

Em Coqueiro Baixo, são aproximadamente 50 famílias que sofrem com a falta de luz, sendo parte da sede, Picada Serra e Linha Pedras Brancas. Os morados estão se mobilizando para que a AES SUL tome providência. Já foi realizada reunião com os moradores e será marcado um novo encontro com um representante da empresa, já que nas ultimas interrupções de energia, os moradores registraram ocorrência na brigada militar.

Edemar Caumo

Pedro Soldi

« voltar

Previsão do tempo

Links úteis

Previdência Social - INSS
Fundo de garantia do tempo de serviço - FGTS
Receita Federal
LIBRAS - Assessibilidade Brasil
Monitorado por Cyclops